top of page
  • Foto do escritorJuliana Martins

Preservando a Identidade Materna: Como Manter a Saúde Mental Após a Maternidade


A maternidade é uma jornada transformadora, repleta de momentos de alegria e desafios. Para muitas mulheres, essa fase é acompanhada por uma profunda revisão de identidade, e algumas podem sentir que estão perdendo a conexão consigo mesmas. Este artigo explora as razões por trás da perda de identidade após a maternidade e oferece insights baseados na ciência e na psicologia, para te ajudar a preservar a sua essência enquanto cuida de seus filhos.


Por que muitas mulheres sentem que perderam a identidade após se tornarem mães?


  1. Foco Exclusivo na Maternidade: Muitas mulheres mergulham tão intensamente no papel de mãe que acabam perdendo de vista suas próprias necessidades e interesses. A sociedade, por vezes, reforça a ideia de que a dedicação total à maternidade é a única maneira "certa" de ser mãe. Isso faz com que algumas mulheres sintam-se culpadas de sair para jantar somente com o marido, enquanto deixa os filhos sob os cuidados de alguém de confiança, por exemplo, fazendo com que pouco a pouco, a mulher tenha o(a) filho(a) como o centro absoluto de sua vida, negligenciando todo o resto.

  2. Pressões Sociais e Expectativas Irrealistas: Expectativas sociais, muitas vezes baseadas em ideias preconcebidas sobre a maternidade ideal, podem levar as mulheres a abdicarem de aspectos fundamentais de sua identidade para atender a padrões inatingíveis.

  3. Mudanças Hormonais e Emocionais: As flutuações hormonais durante a gravidez e pós-parto podem desencadear emoções intensas, tornando mais desafiador equilibrar a maternidade com outros aspectos da vida.

Como preservar a identidade após a maternidade?


  1. Cultivar a Autoconsciência: O autoconhecimento é crucial. Tire um tempo para refletir sobre suas necessidades, desejos e valores individuais. Mantenha uma conexão com seus interesses pessoais, mesmo que em pequenas doses.

  2. Estabelecer Limites Saudáveis: Defina limites claros entre suas responsabilidades como mãe e suas atividades pessoais. Isso pode envolver criar uma rede de apoio para garantir momentos de autocuidado.

  3. Buscar Apoio Profissional: A terapia pode ser uma ferramenta valiosa para ajudar as mães a lidarem com questões de identidade pós-maternidade. Profissionais de saúde mental podem fornecer orientação e estratégias para equilibrar as demandas da maternidade com a preservação da própria identidade.

  4. Promover a Comunicação no Relacionamento: Abra um diálogo honesto com seu parceiro sobre as expectativas e divisões de responsabilidades. Não caia na falácia de que "a criança quer só a mãe". Um sistema de apoio sólido pode aliviar a pressão sobre a mãe, permitindo que ela mantenha seu senso de identidade.

  5. Não Negligencie as Pequenas Ações: Fazer as unhas, passar um batom, escovar os cabelos, colocar uma música relaxante na hora do banho. Valorize e celebre as os pequenos atos de autocuidado. Isso fortalece a autoestima e ajuda a manter um equilíbrio saudável entre a maternidade e a individualidade.

A maternidade não deve ser vista como um fim para a identidade pessoal, mas sim como uma expansão. Ao adotar estratégias e focar em si mesma, além de todas as responsabilidades que a maternidade exige, pode ajudá-la a preservar sua identidade única enquanto desfruta das muitas recompensas e desafios que a maternidade oferece.

Lembre-se, ser uma mãe plena envolve nutrir não apenas os filhos, mas também a si mesma.

Comentarios


bottom of page